O Grande Desafio de Liderar Pessoas

por Fabio Frasson

Em meio a tantos desafios no mundo corporativo, o tema “Liderança” tornou-se um dos mais discutidos.

A busca contínua pelo aumento da eficácia, e não apenas da eficiência, tem se mostrado imprescindível, em face à concorrência e às transformações do mercado.

Com os avanços tecnológicos, o papel das pessoas nas empresas tem sido modificado, mas sua presença e importância ainda são fundamentais.

Vivemos um momento singular na história. Nunca estiveram reunidas, em um mesmo local de trabalho, pessoas de gerações tão distintas, com formações culturais tão diversas. Por um lado, a complementariedade, por outro, os conflitos.

Nunca foi tão necessário que alguém tenha a habilidade, a capacidade de influenciar positivamente as pessoas, em prol dos objetivos comuns.

Nunca foi tão grande o desafio de liderar pessoas.

3 Fatores essenciais para a liderança

A ideia aqui não é propor ou apontar um passo a passo. Afinal, liderar requer um conjunto de fatores que se sobrepõem, que se complementam, que devem ocorrer de forma concomitante. Quero citar apenas 3 fatores, sem a presunção de que sejam os principais, nem, tão pouco, que sejam suficientes.

Conhecer seus Liderados

Um dos fatores primordiais para a liderança é conhecer seus liderados, verdadeiramente. Não estou me referindo, simplesmente, a conhecer sua vida pessoal, sua história, seus gostos, sua formação e habilidades. Refiro-me a conhecer seus padrões de comportamento, pensamento e sentimento; conhecer suas necessidades, seus valores e motivações; saber “como funcionam”.

Penso que seja importante salientar que cada um de nós tem características mutáveis e imutáveis. Parte de nós tem origem na formação genética e faz parte da nossa essência. Por outro lado, temos características de comportamento, pensamento e sentimento que foram formadas ao longo do nosso desenvolvimento, sofrendo influência do meio em que vivemos e das nossas experiências.

Conhecer, verdadeiramente, seus liderados tem, assim, 2 grandes objetivos: (1) identificar que recursos (conhecimentos, competências e comportamentos) você pode ajudá-los a desenvolver e (2) como ajudá-los a utilizar o que têm de melhor.

Cuidar das pessoas

Cuidar de seus liderados envolve respeitar sua individualidade e tratá-los com interesse genuíno e atenção; é saber ouvir, é demonstrar preocupação, é ser empático.

Esqueça aquela famosa frase, “trate os outros como gostaria que você fosse tratado”. É preciso tratar cada um como cada um gostaria de ser tratado. Afinal, pessoas diferentes tem características, personalidades, gostos, necessidades, expectativas, desejos, pensamentos, sentimentos e comportamentos diferentes.

Apoio e Contribuição                                     

A liderança não é um cargo, mas um poder de influência. Você pode ser um grande líder, mesmo sem atribuições legais para chefiar.

Um dos fatores que mais geram o poder de influência de um líder é a sua dedicação verdadeira em apoiar e contribuir para o crescimento das pessoas ao seu redor, sejam seus colaboradores, colegas de trabalho, ou mesmo os seus próprios líderes. Portanto, compartilhe seus conhecimentos, contribua com o desenvolvimento das pessoas e apoie suas iniciativas. As pessoas crescem, o time cresce, o resultado cresce, e sua liderança… se fortalece!

Se Liderança é um tema importante pra você, veja o artigo que publicamos sobre “A Angústia do Líder”

Eu sou Fabio Frasson. Espero ter contribuído com seu caminhar.

Desejo a você muito sucesso e resultados extraordinários.

Vamos juntos, evoluindo sempre! Até a próxima!

link para a página Mindset Frasson no facebook (@mindsetfrasson)
link para canal Mindset Frasson no youtube