Qual a importância do carisma na liderança?

Líder Carismático

Você é um líder carismático?

Liderar é influenciar pessoas em prol da realização de um objetivo.

Ser um líder é ser o regente de um grupo, é atrair pessoas para a sua causa, ser seguido ou imitado em seu comportamento e ideias, é ter autoridade (com ou sem poder), é ser visto pelo grupo como seu representante e, assim, assumir a responsabilidade de cuidar dos interesses de todos, apontando os melhores caminhos.

Um líder deve, ao mesmo tempo, colocar-se e ser colocado à frente; assumir a responsabilidade e, ao mesmo tempo, receber do grupo a autoridade para liderar.

Mas, o que faz com que uma pessoa seja vista como um líder? O que faz com que atraia os olhares, a confiança, o apoio dos demais?

Será que o carisma é fundamental para a liderança?

O que você acha? Deixe sua opinião no final deste artigo, ok?!

Vejo o carisma como uma capacidade de atrair pessoas, de se destacar em meio aos demais, positivamente, de ser bem visto, de despertar confiança e credibilidade.

Muitos acreditam que essa capacidade é um dom, algo inato em uns poucos seres humanos mais favorecidos pela natureza. O próprio termo carisma, originário do grego khárisma, representava “graça”, um dom divino, recebido de Deus.

No entanto, enquanto capacidade de encantar, persuadir, fascinar ou seduzir um outro indivíduo, através da sua forma de ser e agir (https://www.significados.com.br/carisma/), carisma está muito relacionado à comunicação não verbal, à postura, à expressão facial, ao tom de voz, ao sorriso, aos gestos, à interação com as pessoas, ou seja, ao comportamento. E todo comportamento pode ser aprendido, desenvolvido e aprimorado.

Se você não se considera um líder carismático, acredite: você pode melhorar, e muito.

Associamos o carisma com a simpatia e a extroversão. No entanto, muitos líderes são introvertidos e não se destacam na multidão. Sua autoridade e liderança provem dos valores demonstrados e pela capacidade de realização, reconhecidos pelo grupo.

Assim, considero o carisma como uma “vantagem competitiva”, mas não uma característica fundamental. Portanto, não é necessário ter carisma para ser um líder extraordinário. Mas ser carismático é algo extraordinário para um líder.

Ser carismático abre portas, favorece o network, cria um ambiente favorável e potencializa os seus resultados.

Se você, como eu, sente que a timidez dificulta sua interação com as pessoas e, por isso, já foi até julgado como arrogante ou metido, saiba que você pode mudar isso.

Embarque numa jornada de autoconhecimento, autorreflexão e encare os desafios como ferramentas para o seu desenvolvimento. Encare a vida como uma academia: situações pesadas fortalecem suas capacidades.

Mais algumas dicas para ser mais carismático

  1. Procure desenvolver sua comunicação, verbal e não verbal!
  2. Alimente pensamentos positivos e sorria mais! Demonstre sua alegria!
  3. Observe mais as pessoas ao seu redor! Note-as! Cumprimente-as!
  4. Olhe nos olhos das pessoas, enquanto conversa e escute-as com atenção!
  5. Seja espontâneo! (as pessoas notam quando você não age naturalmente)
  6. Demonstre segurança e confiança, com humildade!
  7. Expresse sua paixão e entusiasmo!
  8. Esteja aberto a novas ideias e respeite-as!

Por fim: Ame a vida, ame a si mesmo e ame as pessoas ao seu redor!

Eu sou Fabio Frasson. Espero ter contribuído com seu caminhar. Desejo a você resultados extraordinários e muito sucesso!

Vamos juntos, evoluindo sempre! Até a próxima!

 

foto: Gustavo Kuerten

Clique aqui e veja também:

Autoconceito, autoimagem e autoestima

Life Coaching ou Coaching de Vida

Fabio Frasson

contato Fabio Frasson

curta a página @mindsetfrasson no Facebook

facebook @mindsetfrasson

Assine o canal mindsetfrasson no Youtube

youtube mindsetfrasson

O Líder extraordinário

Como tornar-se um líder extraordinário?

Cada pessoa tem suas peculiaridades, seus sonhos, sua percepção acerca da vida e do mundo, e reage de forma diferente a cada situação, a cada estímulo. O líder extraordinário destaca-se pela inteligência mental, pela visão, capacidade de enxergar as potencialidades de seus liderados, e pela habilidade de agir de forma individualizada. Ele compreende a importância de buscar a evolução dos indivíduos para que a soma de suas capacidades, perfeitamente integradas, possibilite o atingimento dos objetivos organizacionais.

O líder extraordinário é aquele capaz de inspirar as pessoas a atingirem sua máxima performance, agindo de acordo com seus reais propósitos, na busca de seus objetivos comuns. É sua função identificar e entender esses propósitos.

É preciso um despertar de consciência, que começa pelo próprio líder. Sua principal qualidade deve ser o autoconhecimento, o que vai muito além de identificar suas forças e suas fraquezas; refere-se ao sentido de significado, de importância, de contribuição. Destacar-se pela consciência é sinal de inteligência espiritual.

É papel deste líder desenvolver também sua inteligência emocional, seu equilíbrio, sua empatia, capacidade de “colocar-se no lugar do outro”, de “enxergar as coisas pelo ponto de vista do outro”. A liderança extraordinária destaca-se pela energia, pela paixão com que luta pelos seus objetivos.

Alcançar resultados elevados requer foco, determinação, perseverança, disciplina, características marcantes daqueles que desenvolvem sua inteligência física em níveis extraordinários. Cuide de sua saúde, cuide do seu corpo, seja disciplinado consigo mesmo e estará preparado para perseverar em sua carreira.

Na Era do conhecimento, a busca pelo aprendizado e pelo aperfeiçoamento contínuo é fator fundamental para o sucesso profissional. É preciso construir a evolução do seu mindset, estar aberto a novos aprendizados; metaforicamente, ter a “xícara vazia”.

Mas, como se tornar um líder extraordinário?

Para ser um líder extraordinário é preciso, portanto:

  1. Desenvolver, continuamente, suas quatro inteligências: mental, emocional, física e espiritual. Buscar o aprendizado e o aperfeiçoamento contínuos;
  2. Compartilhar experiências e conhecimentos. Aprende mais quem ensina, e contribui mais quem aprende ensinando;
  3. Construir relacionamentos. Preocupar-se com seus liderados, de forma sincera;
  4. Ser justo, honesto, íntegro e leal;
  5. Ser exemplo. Agir de forma congruente com seus propósitos e valores. Ser uma pessoa confiável;
  6. Desenvolver sua capacidade de comunicação e persuasão;
  7. Ser assertivo. Comunicar-se de forma clara e objetiva;
  8. Fazer da prática do feedback um hábito que contribua com a evolução de seus liderados e o atingimento dos objetivos. Liderar é construir gente;
  9. Ouvir com atenção.
  10. Receber feedbacks com humildade, absorvendo as contribuições para sua própria evolução;
  11. Desenvolver sua capacidade de tomar decisões e resolver problemas;
  12. Ter entusiasmo, determinação e iniciativa;
  13. Buscar a excelência em cada atividade, com foco nos resultados;
  14. Saber inspirar e encorajar a equipe;
  15. Desenvolver, preparar e empoderar seus liderados. Formar novos líderes.

“Liderar é comunicar às pessoas o seu valor e o seu potencial de uma forma tão clara que elas acabem por enxergá-los em si mesmas”. _ Stephen Covey

***************

Leia também: Venda valor, não preço!

***************

Meu nome é Fabio Frasson. Espero ter contribuído com seu caminhar. Desejo a você resultados extraordinários e muito sucesso! Até a próxima!

Fabio Frasson